Prefeitura de Americana - Página Inicial

Início   Americana   Resumo Histórico

Resumo Histórico



As famílias americanas que se estabeleceram na região de Santa Bárbara a partir de 1.866 ocupavam uma área de aproximadamente 400 quilômetros do atuais municípios de Santa Bárbara D’Oeste e Americana. Constituíram quatro núcleos principais de povoamento: Estação, Retiro, Campo e Funil.

Em 13 de julho de 1.867 faleceu Beatrice Oliver, esposa do Coronel Oliver que possuía uma fazenda no Campo, região sul de Santa Bárbara caminho para Capivari. A denominação Campo deriva do fato dessa área apresentar uma vegetação rala. O Coronel Oliver enterrou a esposa em uma área de pastagem, construindo uma cerca em volta da sepultura. Duas de suas filhas faleceram nos anos subseqüentes, sendo destinada uma área de aproximadamente um hectare para que as famílias americanas aí enterrassem os seus mortos.

Com a morte do Coronel Oliver, em 1873, a propriedade foi vendida a Irving Millerque, o qual continuou a preservar a área. O mesmo fizeram seus descendentes.

O Campo passou a ser o local para onde acorriam as famílias dos diversos núcleos para a realização de cultos religiosos, os quais eram oficializados por pastores como o Reverendo Junius Newman, metodista.

Em 1.871 iniciou-se a campanha para construção da primeira capela, e em 1.878 este velho sonho da comunidade foi realizado com a inauguração do primeiro templo que atendia as três denominações protestantes: Presbiteriana, Batista e Metodista.

O solo do Campo era instável e a capela teve que ser reconstruída várias vezes. A primeira capela de tijolos foi construída em 1.903. A construção atual data de 1.962.

Apesar dos cemitérios no Brasil terem sido abertos aos não católicos na última década do século XIX, as famílias americanas preservaram o Cemitério do Campo aí enterrando seus descendentes até os dias atuais.

O Campo passou a representar o centro da vida religiosa e social da comunidade.

Em 1.928 o Cemitério do Campo foi oficializado pela Prefeitura Municipal de Santa Bárbara; em 1954 a área foi doada pela família Bookwalter à Fraternidade Descendência Americana, responsável por sua preservação. Aí são realizadas reuniões quadrimensais e uma ampla reunião anual.

Nesta ocasião os descendentes das famílias americanas vestidos com uniformes confederados e as jovens com vestidos inspirados nos trajes do século XIX apresentam danças típicas do grupo. A festa, realizada no parque, em frente à Igreja, é uma oportunidade para entrosamento dos descendentes e a preservação de suas tradições.

Paço Municipal


Avenida Brasil, 85 - Centro - CEP 13.465-901
PABX + 55 (19) 3475-9000
Atendimento ao Cidadão - SAC
E-mail: sac@americana.sp.gov.br
Atendimento ao público das 09h00 às 16h00

Mídias Sociais Oficiais


Canal Oficial Facebook   Canal Oficial Twitter   Canal Oficial Youtube
© 2019. Prefeitura de Americana - Secretaria de Administração - Todos os Direitos Reservados.