LEI 1983, DE 12 DE NOVEMBRO DE 1924

Cria o Municipio de Villa Americana, com sede na povoação de mesmo nome, na Comarca de Campinas

O Doutor Carlos de Campos, Presidente do Estado de São Paulo,

Faço saber que o Congresso Legislativo decretou e eu promulgo a lei seguinte:

Art.º 1º - Fica creado o municipio de Villa Americana, com sede na povoação do mesmo nome, na Comarca de Campinas.

Art.º 2º - O novo Municipio terá as mesmas divisas do districto de paz a saber: Começam na barra do ribeirão Quilombo, no Rio Piracicaba: sobem por esse rio até a juncção do Jaguary e Atibaia, na fazenda Salto Grande; sobem pelo rio Jaguary até a balsa de passagem da estrada de rodagem de Limeira a Campinas; depois, tomando a direita, seguem por essa estrada até encontrar as terras da fazenda do Saltinho e tomando a esquerda acompanham a linha do perimetro desta fazenda até encontrar no rio Atibaia a passagem da mesma estrada comprehendendo todo o immovel Saltinho; d’ahi seguem pela estrada de Limeira até encontrar a estrada que vai á V. Americana e Campinas, na Lagôa, desse ponto pelo curso de água acompanham um dos ramos da margem direita do Quilombo, até esse ribeirão, junto a estrada da Paulista, d’ahi a rumo, cortando o ribeirão do Recanto, até o rumo divisorio de Santa Barbara; por este rumo até o marco denominado fazenda Velha, outrora propriedade do Barão de Itapura, e deste marco, pelo mesmo rumo ao marco fincado contiguo a barra do Quilombo, no rio Piracicaba, onde tiveram começo.

Art.º 3º - Revogam-se as disposições ao contrário.

O Secretário de Estado dos Negócios do Interior assim a faça executar.

Palacio do Governo do Estado de São Paulo, aos 12 de novembro de 1924.

Carlos de Campos

José Manoel Lobo

Publicada na Secretaria de Estado dos Negócios do Interior, aos 12 de Novembro de 1924.