Carregando...

Morre Princesa, a fêmea de Tigre Siberiano do Parque Ecológico

Publicada em 01 de Dezembro de 2023 às 17h42
Morre Princesa, a fêmea de Tigre Siberiano do Parque Ecológico

Morre Princesa, a fêmea de Tigre Siberiano do Parque Ecológico

O Parque Ecológico Municipal "Engenheiro Cid Almeida Franco" informa, com pesar, que Princesa, a fêmea de Tigre Siberiano, veio a óbito na manhã de domingo, dia 26 de novembro, aos 19 anos.


Princesa estava em tratamento veterinário há pelo menos três semanas, depois de apresentar um quadro de incontinência urinária, o que pode ter levado ao desenvolvimento de algumas feridas na cauda.


O animal estava sendo monitorado pelos tratadores e veterinários, mas apresentou redução na quantidade de alimento ingerido nos últimos dias. Foi mantido em tratamento com avaliação constante dos técnicos.


A necrópsia foi realizada no Hospital Veterinário da FAM (Faculdade de Americana) e foram constatadas alterações nos rins e fígado compatíveis com a idade do animal. Foram coletados diversos materiais para exame microscópico (histopatológico) que serão encaminhados para análise no Instituto Adolfo Lutz.


Princesa nasceu em Americana em 15 de agosto de 2004 e superou a expectativa de vida da espécie, de 15 anos. Sob cuidados humanos, vivem em média 20 anos.


O tigre é um animal exótico, sendo considerado o maior felino do mundo. Um Tigre Siberiano macho pode chegar a 400 kg, e as fêmeas podem atingir 200 kg.


"Ao mesmo tempo que a equipe do Parque Ecológico se sente triste pelo ocorrido, está consolada pelo fato de que durante toda a vida do animal, ele foi muito bem tratado, recebendo sempre o carinho e cuidados de todos os funcionários", salienta o secretário de Meio Ambiente, Fábio Renato de Oliveira.